Série desvenda todos os mistérios sobre orgasmos femininos — e nós estamos chocadas

A série "Explicando" da Netflix já conta com duas temporadas e muitos assuntos explicados de forma incrível! Um deles nos chamou a atenção: "O Orgasmo Feminino"! Além de um histórico do orgasmo das mulheres na sociedade, e episódio também trouxe muitas curiosidades e mistérios sobre assuntos como ponto G e clitóris! Continue lendo e entenda do que estou falando! 

A série Explicando, um original da Netflix, já conta com duas temporadas e 30 episódios cheios de assuntos curiosos e muita explicação de qualidade. 

Dos mais variados temas abordados, precisamos te recomendar um incrível

O episódio 5 da primeira temporada chama-se “O Orgasmo Feminino” e, como o nome diz, trata desse assunto tão importante, mas ainda pouco estudado. 

Ao longo de 18 minutos, o episódio apresenta dados, especialistas das mais diversas áreas e um pouco de história para fazer a gente entender mais sobre o contexto em que o nosso orgasmo está colocado. 

Sempre tratado como tabu, o prazer feminino passou anos sem ser o foco de estudos científicos. As mulheres não eram encorajadas a se tocarem como os homens e o tesão era tratado como histeria - diagnóstico muito comum anos atrás para mulheres tristes e deprimidas (sexualmente). Confira AQUI a resenha do filme Histeria para entender mais sobre esse assunto. 

Tudo isso tornou o nosso órgão sexual e nosso prazer uma grande incógnita. Ninguém sabia como funcionava, o que despertava, quais os resultados dos nossos orgasmos! 

O episódio conta com o relato de uma comediante que nunca tinha gozado até algum tempo atrás (Foto: Reprodução/ Netflix)

Até que começaram os primeiros estudos - de mulheres - sobre o sistema reprodutor feminino, os orgasmos e o tão querido e misterioso clitóris, dono de todo nosso prazer

Além de nos explicar muito sobre nós mesmas e a cultura em que as mulheres estão inseridas, o documentário vai te espantar com alguns dados sobre orgasmos vaginais, ponto G e a diferença entre dor e prazer. Você PRECISA saber de tudo isso! 

A saga do clitóris só mostra o quão poderoso e misterioso esse órgão é, assim como o orgasmo em si. Os cientistas ainda não entenderam exatamente que músculos agem no momento que você chega lá nem o que exatamente significa ter um orgasmos, mas algumas entrevistadas deram um ideia do que é para elas:

  • “tinha gosto de açúcar; 
  • eram como batida de tambor; 
  • tipo antes de uma montanha-russa descer;
  • eu sou uma cachoeira quando tenho um orgasmo;
  • é como estar no escuro e ver as cores mais vibrantes”

No final, eles apresentam aquilo que é a solução para todos os nossos orgasmos perdidos: MASTURBAÇÃO

Eles explicam por que as mulheres se masturbam menos, como surgiram os primeiros vibradores e qual a importância de se masturbar para a vida da mulher!

Conhecemos também a história de Remy Kassimir, uma comediante norte-americana que, até algum tempo atrás, nunca tinha gozado e achava que orgasmos femininos eram só lendo urbana. 

Indignada com a situação, ela criou o podcast How Cum Podcast para conversar com pessoas e tentar, finalmente, gozar. Durante a jornada, ela descobriu que não estava sozinha: muitas amigas e até mulheres de sua família também nunca tinham gozado! 

Depois de conseguir gozar, Remy diz que se sentiu muito mais poderosa, como se pudesse fazer tudo. Agora ela era “a dona da p*@& toda”.