Descarte e conserto: como arrumar ou jogar fora meu vibrador

Comprar um vibrador novo é tudo de bom, né? Nova textura, novos estilos e usos para deixar a masturbação muito mais gostosa.

Mas o que fazer com o antigo que você não quer mais? E se ele quebrou e você quer se desfazer. E pior: e se quebrou e você quer consertar, quem faz isso? 

Os vibrAMORES, como qualquer outro produto, tem vida útil e às vezes são descartados. Porém, precisamos fazer isso de forma consciente para não poluir mais o meio ambiente.

Com aqueles que somos muito apegadas e queremos consertar, como fazer? Além de não saber onde levar, dá aquela vergonha de mostrar para alguém nosso brinquedinho tão íntimo, né?

O conserto

Bartolomeu Queiroz de Alencar está cheio de trabalho nessa quarentena. Ele tem um Hospital de Bonecas desde 1983, mas de uns tempos pra cá acabou se especializando em consertar outro tipo de brinquedinho: nossos vibrAMORES!

Sua loja fica em Osasco - SP e está a todo vapor nessa quarentena. Segundo o portal de notícia IG, Bartolomeu chega e receber 20 vibradores por semana para arrumar e te devolve com muito cuidado em 3 dias.

Depois que seu primeiro cliente chegou, ele percebeu que os motores dos vibradores são parecidos com os dos brinquedos que já arrumava. Assim o trabalho ficou mais fácil.

Segundo entrevista que deu ao portal, as clientes cobram muito carinho e cuidado com o vibrador e algumas até marcam horário para entrega-lo e não correr o risco de trombar com ninguém sem querer.

O valor do conserto é metade do valor do vibrador e Bartô ainda dá 90 dias de garantia! E tudo bem se você não for de São Paulo! Eles recebem brinquedinhos pelo correio!

Endereço Hospital dos Vibradores
Rua Deputado Emílio Carlos, 1304 – Vila Campesina / Osasco
Tel. (11) 3699-7360 http://www.hospitaldosvibradores.com.br/

Onde jogar fora?

Levou para consertar e não tem jeito? Ou comprou um novo e não quer o antigo? Tudo bem, vamos te ajudar.

É importante você saber que vibradores são feitos com materiais diferentes juntos, como metal, plástico e silicone, por isso a coleta dele para reciclagem acaba sendo complicada.

Mas isso não é motivo para descartar em qualquer lugar!

Nossos brinquedinhos podem ser considerados “lixo” eletrônico, ou seja, junto com celulares e outros equipamentos. Depois de embrulhar em um saquinho para não jogar o dildo assim na cara de todo mundo você pode:

  • jogar em lugares específicos de coleta de eletrônicos (geralmente são caixas em algumas lojas como grandes papelarias).
  • para quem é de São Paulo, ligar para Ecobrazuma empresa de coleta de resíduos eletrônicos. Você entra em contato desejando uma coleta, não precisa falar explicitamente que é um vibrador. Eles vão gerar um pedido e dentro de uma semana coletam o objeto no dia agendado. Além disso, você recebe um documento afirmando que eles realizam descarte responsável e todo o processo é totalmente gratuito! Telefone: (11) 4329-2001!
  • Se você for de outro estado, busque uma empresa semelhante que realize o mesmo processo!
  • não descarte em ruas, calçadas e rios! Mesmo que o descarte for no lixo comum, se seja em algum lugar onde há coleta.

Posso dar para minha amiga?

Na na ni na não! Vibradores são brinquedinhos íntimos que não devem ser compartilhados! Eu sei que você vai limpar, lavar, passar álcool e tudo mais, mas passar adiante brinquedos usados não é recomendado!

Leia também:

A culpa que carregamos não é nossa

Obscenos são seus amigos | Episódio #16 - Vibre, Mulher!

Pornografia: quais os prós e contras de consumir filmes eróticos