Conheça as causas da secura vaginal e como tratar esse ressecamento

O ressecamento vaginal é uma condição que afeta muitas mulheres e tem vários motivos. Ela deixa a região íntima ardendo, com assaduras e causa dor na masturbação e no sexo. Mas resolver a secura vaginal é mais fácil do que você imagina.

Segundo estudo realizado pela Conecta, a pedido da farmacêutica Teva, 20% das brasileiras não sabe o que é ressecamento vaginal e 80% não conhece muito bem o tema.

Grande parte das mulheres sofrer com isso e não sabe.

Dor ao andar, durante a masturbação, no sexo, corrimento estranho e assaduras são alguns dos sintomas recorrentes que acabam sendo lidos apenas como ansiedade, irritação da calcinha ou candidíase.

E, na verdade, tudo está ligado. Por exemplo, algumas das principais causas de falta de lubrificação na mulher são: estado nervoso, medicamentos como anticoncepcionais, amaciantes de roupa, candidíase ou preliminares ruins

Sentir dor ao andar ou durante a penetração não é normal e deve ser tratado com ajuda de especialistas e com produtos adequados para a região íntima! 

Por que acontece? Como prevenir e como tratar? Vamos descobrir tudo nos próximos tópicos 

O que a gente espera de uma ppk lubrificada?

Nosso canal vaginal produz lubrificação a todo momento. Estar lubrificada é importante para a masturbação e para o sexo, mas também para realizar as atividades do dia a dia como simplesmente andar.

Para perceber se você está lubrificada, é só tocar na sua vulva. Você vai sentir a mucosa, a lubrificação do canal, na vulva também. Se você não está tendo um estímulo sexual para lubrificar, não vai estar tão molhadinha, mas ainda assim sentirá a mucosa. 

via GIPHY

Sintomas de ressecamento

Dor, queimação, desconforto, coceira e assaduras

Quando andamos, geramos atrito tanto das pernas, quanto das roupas. Se você não estiver lubrificada, vai sentir um incômodo constante.

Sentir dor durante a masturbação ou sexo (condições conhecidas como dispareunias) também pode indicar problemas na lubrificação. A mulher deve notar se sente dor ao tocar a própria vulva ou durante a penetração. Se começar a doer, não force. Pode causar prejuízos mais sérios.

Além disso, problemas na mucosa e na lubrificação podem indicar outras condições que você deve tratar com um especialista, como vaginoses (ex. candidíase) e efeitos colaterais de medicamentos.

No próximo tópico explicamos o que pode causar essa ausência de lubrificação.

O que causa a falta de lubrificação:

Baixos níveis de estrogênio decorrentes de: 

  • menopausa;
  • amamentação;
  • remédio como o anticoncepcionais, antidepressivos;
  • remoção dos ovários, quimioterapia e radioterapia na pélvis.

Fatores psicológicos:

  • Estar vivendo um momento estressante;
  • Pensar em outras coisas durantes as preliminares;
  • Estar ansiosa demais para o sexo;
  • Falta de preliminares e estímulos decentes;
  • Falta de líbido (que também pode ser causada por medicamentos).

Fatores físicos:

  • Vaginoses como candidíase, clamídia. São doenças que deixam a mucosa vaginal mais fina;
  • Alergia que podem ser causadas pela camisinha (existem modelos hipoalergênicos, sem desculpa), amaciantes de roupas, sabonetes e desodorantes vaginais.

via GIPHY

Tratamento

Nós sempre recomendamos consultar um especialista para ver a real causa da secura vaginal. 

Uma ginecologista ou fisioterapeuta pélvica podem te ajudar nessa, mas se o problema for psicológico, não deixe de tratar com uma psicóloga! 

Você precisa agir no foco do problema! Depois de se consultar, poderá mudar a marca do medicamento ou interromper o uso, diagnosticar uma vaginose ou começar a lavar suas calcinhas no banho, por exemplo.

Um dos tratamentos pode ser feito com um produto especial desenvolvido especialmente para hidratar a sua vagina.

Aqui na Vibre, Mulher! nos temos o Hidra Confort, conhecido como Molhadinha. Ele é um gel lubrificante que também hidrata o canal vaginal, devolvendo a ele a capacidade de se hidratar sozinho.

Mas não deixe de se consultar antes de usar, pois se o problema for uma vaginose, por exemplo, você deve tratá-la antes de começar a usar esse lubrificante!

Você pode passar Molhadinha todo dia de noite, antes de dormir, no canal vaginal. E claro que pode usar na siririca e no sexo também. Vai deixar delicinha!

Em 2 semana poderá sentir que a mucosa vaginal está melhor e que a sua lubrificação está acontecendo com mais facilidade. 

O creme contém ácido hialurônico, composto utilizado em muitos cosméticos para manter a hidratação, além da centelha asiática, que aumenta a circulação no local, é anti inflamatória e ajuda a produzir colágeno, que começa a diminuir a partir dos 25 anos.

Outra técnica que pode ajudar muito na hora de aumentar a lubrificação e se livrar do ressecamento é o pompoarismo

Praticar a ginástica íntima aumenta a vasodilatação, que á a circulação de sangue no músculo, fazendo ele trabalhar melhor e produzir mais lubrificação.

Leia também:

Cansada de candidíase? Entenda o que é, como evitar e tratar

Dores na penetração? O uso de dilatadores vaginais para tratamento do vaginismo

Vibrador Personal: respondemos TODAS as suas dúvidas sobre esse sex toy